Escolha: Entre os “poderes” que possuímos, está a fantástica capacidade de escolha. Ela é tão nossa, exclusiva e autônoma, quanto o pensamento. E praticada com recurso ao bons valores, senso de responsabilidade e integridade, transformar-se na essência que pode elevar o homem e as sociedades, ao mais digno, assertivo e apropriado patamar da inteligência.

Pin It on Pinterest

Share This
%d blogueiros gostam disto: