Quando as pessoas voltam de suas caminhadas na natureza, elas mostram melhora em testes de memória e de atenção. Conheça os efeitos da “Vitamina V”.

Todos nós já experimentamos como é bom estar na natureza. Quando passamos alguns dias ou até mesmo algumas poucas horas caminhando por uma trilha no meio de uma mata, parece que recebemos uma recarga de energia e somos tomados por sentimentos de paz e otimismo.

Até mesmo os cientistas ficaram muito intrigados com este efeito e resolveram pesquisar. Um grupo de cientistas da Universidade de Michigan EUA descobriu que, quando as pessoas voltavam das suas caminhadas na natureza, elas mostravam 20% de melhora em testes de memória e de sustentação de atenção. Este efeito não acontecia quando a caminhada ocorria em áreas urbanas. Eles relataram que é como se a caminhada em uma área arborizada equivalesse a dar férias ao nosso cérebro. Este efeito foi carinhosamente chamado de efeito Vitamina V (verde).

Quando estamos em espaços verdes, nos conectamos ao ritmo natural da vida, onde tudo tem seu tempo para acontecer, onde as estações nos lembram que tudo é cíclico e que cada fase tem sua beleza. Até mesmo uma árvore morta pode ganhar um novo sentido servindo de moradia para musgos e pequenos insetos. Esta é a ideia de transformação que integra a tudo e a todos!

Porém, parece que a vida moderna nas cidades nos desconectou deste ritmo da natureza. Principalmente nos ambientes corporativos, criou-se a ilusão de que é possível viver só de verão e primavera e que o dia tem 30 horas. Mas esta aceleração “artificial” cobra seu preço! Normalmente o preço é a doença física, emocional e também moral, de quem faz o que for preciso para continuar crescendo.

Metas cada vez mais desafiadoras e competição interna para galgar as escadas da pirâmide organizacional, vão na contramão do aprendizado de bilhões de anos da natureza que nos ensina que tudo tem seu ritmo e que a cooperação além da adaptabilidade, são fatores chave para o sucesso das espécies. É claro, que com todo o avanço científico e tecnológico, podemos e devemos avançar, mas para isto não precisamos esquecer os princípios básicos da natureza; uma análise ecológica (de todas as partes interessadas), pode nos ajudar a tomar decisões mais sábias que gerem prosperidade compartilhada!

E mesmo se você vive em uma cidade como São Paulo, não precisa tornar este contato com a natureza algo complexo e distante. Existem parques com áreas verdes deliciosas dentro da cidade e a poucos quilômetros de distância, reservas florestais. Que tal reservar um tempo da sua semana para desfrutar destes espaços? Uma caminhada a sós e em silêncio na natureza, pode ser maravilhosa! Perceba o que te chama atenção, que sensações novas você tem e como você se sente durante a caminhada. Os efeitos são sutis e muito profundos e muitas vezes é neste espaço de descanso que encontramos a solução para “aquele problema” que passamos a semana toda tentando resolver! Se possível, durante sua caminhada, encontre um local agradável e sem circulação de pessoas. Sente-se e medite por um tempo em uma postura confortável e com olhos fechados. Note para onde vai sua mente. Algumas vezes pode estar atenta aos sons da natureza, outras à sua própria respiração, outras a uma lembrança de algum compromisso que você tem em seguida. Não se prenda a nenhum deles, seja apenas uma testemunha que observa a si mesmo.

Espero que você inclua esta prática na sua vida e que ela traga muitas experiências transformadoras!

in,

Pin It on Pinterest

Share This